Marketing se faz com conteúdo relevante

Como deve saber, o consumidor moderno não se contenta apenas com o melhor produto ou serviço, quer identificar-se com as marcas das empresas, prefere as que o entendam e saibam falar a língua dele.

Muitas marcas encontram maneiras de conquistar o público-alvo e fidelizar potenciais clientes sem fazer a mínima abordagem de venda.  Sim, a sua marca, por exemplo, já deve ter oferecido a clientes ou novos clientes algum conteúdo capaz de prender atenção, por exemplo, um guia prático de como utilizar determinado produto, post compartilhado de algum fato engraçado no facebook, aliás, esse canal e as redes sociais em geral têm tudo a ver com o chamado Marketing de Conteúdo. Os exemplos passados até agora são algumas das maneiras de pôr conteúdo no Marketing ou ativar marcas por meio do Marketing de Conteúdo, ou seja, a mensagem atrelada à marca informa ou diverte o consumidor, é importante para ele, mesmo não vendendo um produto ou serviço.

Esse post, por exemplo, é uma ação de Marketing de Conteúdo

Compartilhamos algumas estatísticas:

78% dos Diretores de Marketing acham que conteúdo personalizado é o futuro do marketing

91% das empresas B2B e 86% das empresas B2C utilizam Marketing de conteúdo

Talvez a sua empresa ou marca já estejam inseridas nesse cenário e você nem imagina.

São muitos meios de fazer sua ação de marketing de conteúdo acontecer: notícias, vídeos instrutivos, posts de blog, facebook, guias, artigos, infográficos, fotos, tweets, e-books, e-mails, apps, pesquisas, slides, entre outros.

Geralmente, as abordagens de Marketing de Conteúdo consistem em: dicas sobre produtos da empresa, mas outros temas podem ser adotados, até um meme engraçado no facebook.

Basta avaliar o perfil do público-alvo antes de compartilhar um conteúdo e perceber se uma comunicação informativa ou bem-humorada tem maior aceitação pelo consumidor.  

A Superlativa ajuda nessa avaliação.



Compartilhe